Close
 
 
 

Select your favorite topics
wait

Congratulations

Your registration was successfully completed!

Palácio do Correio Velho sent you an email to confirm your registration to:

It is advisable to add the address <mail@news.pcv.pt> to your mailing list of trust to ensure the correct reception of messages sent by Palácio do Correio Velho.

PCV Logo
Back to lots page

Columbano, Condessa D Edla, óleo s/tela

0149

Columbano, Condessa D Edla, óleo s/tela

€ 3.000 - € 5.000
€ 3.000

COLUMBANO, Columbano Bordalo Pinheiro (1857-1929)
Retrato da Condessa D Edla sentada a escrever
Óleo sobre tela colada sobre madeira
Assinado com monograma "BO" (?) (1875)
Dim.: 21 x 18 cm.

Columbano, Portrait of Countess of Edla, oil on canvas on board.

Note

Verso com dedicatória: "Primeiro quadro do Columbano offerecido a Condessa d"Edla em 1875" e com o ex-libris da Condessa d"Edla. Segundo tradição familiar e a inscrição do verso, Columbano Bordalo Pinheiro retratou a Condessa d"Edla sentada a escrever num interior em 1875. Chamamos a atenção para o facto de que esta obra demonstra que, já com cerca de 18 anos, o artista se sentia atraído pelas cenas intimistas e pelos ambientes de penumbra, em que é a mancha de cor que faz realçar a figura e os objectos, num contraste de claro/escuro e manchas pouco definidas. Por outro lado, esta obra é ingénua na sua execução, o que nos faz acreditar tanto na atribuição como na datação atribuída pela tradição familiar.

Provenance

Colecção Alda de Mello

Categories

Comission

15,12 %

About the author

COLUMBANO, Columbano Bordalo Pinheiro (1857-1929)

Columbano Bordalo Pinheiro, sem dúvida o mais independente dos pintores portugueses do séc. XIX, nasceu em Cacilhas a 21 de Novembro de 1857. Educado num ambiente de preocupações artísticas, filho do pintor e gravador Manuel Maria Bordalo Pinheiro, com apenas quinze anos ingressou na Academia de Belas Artes de Lisboa. Foi, então, aluno de Simões de Almeida, Victor Bastos, Anunciação e Miguel Lupí. Tendo sido preterido em dois concursos para bolseiro de Estado em Paris, (acusando a sua invulgar paleta de "sujos e esverdeados"), apenas em 1881, sob o patrocínio da Condessa D Edla, parte para Paris, na companhia de sua irmã, Maria Augusta. Nessa cidade trabalha, tal como o fizera em Lisboa, à margem das regras da academia, absorvendo as novas correntes parisienses. De volta a Lisboa, em 1883, pinta o quadro que o imortalizaria: a grande tela do Grupo do Leão (Museu do Chiado). Da prolixa actividade que desenvolveu chegaram até nós trabalhos de decoração - Câmara Municipal de Lisboa, Palácio do Conde de Valadares, Teatro D. Maria, Palácio Marquês da Foz, Assembleia Nacional (nomeando apenas os mais significativos) e as inúmeras obras em ilustres colecções particulares, nos Museus do Chiado e Soares dos Reis.

 
REQUEST INFO

The descriptions of the lots can be changed at any time. You should personally examine each lot during the show and put in your questions. If unable to attend the exhibition, ask for a report on the conditions of the lot or lots that interest you.

All information contained on our website are the exclusive property of the Palácio do Correio Velho and can not be reproduced without prior authorization.